relacionamento@hdtecnologia.com.br
(62) 3996-7600
análise de indicadores

Análise de indicadores para tomadas de decisões eficazes

Seja para estabelecer um planejamento estratégico, avaliar o rendimento da empresa ou até mesmo adquirir competitividade, as empresas devem se pautar na análise de indicadores, para tomar decisões empresariais, elencar prioridades e se antecipar à movimentação do mercado.

 

Por meio da avaliação dos resultados da empresa é possível compreender a real situação econômica e financeira da empresa, permitindo avaliar a lucratividade e custos para a manutenção do empreendimento.

Existem várias maneiras de analisar os indicadores, as principais são:

Análise do lucro líquido

Esse indicador aponta, exatamente, qual o lucro que a empresa obteve, após a dedução de encargos tributários, despesas operacionais e contribuições sindicais. O levantamento pode ser feito com a delimitação de período. Com esses dados em mãos, você saberá quanto realmente sua empresa gerou de lucro. Além disso, dividindo o lucro líquido pelo faturamento, por exemplo, você terá a margem líquida em percentual. Uma informação que é fundamental para a realização de comparativos e projeções futuras, otimizando a gestão do seu negócio.

 

Retorno sobre investimentos

Esse é um dos indicadores mais importantes, pois ele permite avaliar se as ações executadas pela empresa estão trazendo os resultados esperados. Com ele, a administração poderá avaliar desde o retorno das ações de marketing, até a viabilidade ou não do negócio em se manter operante. Esse indicador viabiliza projetar caminhos futuros que a empresa deve seguir. Orientando quanto aos melhores investimentos e como cada um destes contribui para a captação de clientes e para o crescimento do negócio.

 

Indicadores de Rentabilidade

A rentabilidade pode ser avaliada através da análise dos bens ativos e passivos da empresa. Através destas informações será possível avaliar a lucratividade da empresa e a sua saúde financeira.

 

Ativo da empresa

Refere-se aos bens e recebimentos que uma empresa possui. Os ativos da empresa consiste na soma dos valores em caixa, contas a receber, o estoque e os bens imobilizados, ou seja, tudo o que pode ser convertido em valores a serem recebidos que podem ser facilmente (re)investidos na empresa.

 

Passivo da empresa

Junto ao ativo devemos considerar o passivo, que consiste nas dividas que a empresa possuí em um determinado momento. Tais dívidas podem ser controladas através das contas a pagar, empréstimos ou duplicatas.

erp para pequenas empresas

 

Os indicadores utilizam informações extraídas da própria empresa, por isso é de extrema importância o fácil acesso à estas informações no processo de tomada de decisões gerenciais. O uso de sistema de gestão dará ao gestor acesso rápido e em tempo real das informações. A HD Tecnologia possui a solução ideal para o acompanhamento da gestão do seu negócio, conheça o Lírio.

Tecnologia para transformar você e sua empresa.

Preencha o formulário abaixo e entenda como podemos colaborar no crescimento do seu negócio

 

Identifique e solucione os problemas que impedem o crescimento do seu negócio

Para que uma empresa que cresça de maneira estruturada, é preciso evitar falhas no gerenciamento do negócio. Para que não ocorra desgaste da empresa, algumas ações que impedem o crescimento do seu negócio precisam ser identificadas e solucionadas:

 

Plano de negócios – Um bom planejamento é fundamental para qualquer negócio, pois ele vai definir os objetivos de curto, médio e longo prazo. Além de estabelecer um estudo de mercado da concorrência e do público-alvo, além da missão, visão e valores da empresa. Em suma, o plano de negócios vai apontar de forma estratégica quais as metas que gestores e funcionários têm que conquistar.

 

Desorganização financeira e contábil – Independentemente do porte da empresa, a saúde do negócio sofre interferência forte e direta conforme estão organizadas as rotinas financeira e contábil. Para que estejam alinhadas, é preciso traçar um planejamento financeiro consistente. Organize o controle de caixa, estoque, vendas e também das notas fiscais. Sem dúvidas, essa organização é o caminho mais curto e assertivo para o sucesso da empresa.

 

Foco excessivo nos lucros – Que os lucros são fundamentais para qualquer negócio, não há dúvidas. Mas, focar exclusivamente do faturamento é um grande erro. Além dos ganhos financeiros, é preciso se atentar aos gastos internos, afinal não adianta lucrar muito e gastar mais ainda. Crie estratégias de monitoramento do orçamento da empresa. Utilize o relátório Lucro X Despesa para identificar pontos de melhoria.

 

Desvalorização do cliente – Quando o cliente deixa de ser ponto de atenção, a empresa entra automaticamente em estagnação. Procure conhecer o seu público-alvo, entender suas expectativas, preferências e desejos. Só assim você vai conseguir satisfazer e fidelizar os seus clientes, além de conquistar mais consumidores. Lembre-se: os clientes mudam de hábitos. É essencial conhecer o mercado consumidor, suas tendências e possíveis oscilações.

 

Desmotivação da equipe – Clima organizacional ruim pode fazer com que o rendimento da sua empresa diminua, pois, uma equipe desmotivada e não integrada à missão da empresa promove queda de produtividade. Crie campanhas de endomarketing, trabalhe para construir um ambiente profissional e saudável. Sua empresa é feita pelas pessoas que trabalham nela.

 

Falta de inovação – Técnicas, ferramentas e métodos sempre se renovam, sua empresa precisa acompanhar as mudanças do mercado. Abra sua empresa para novas possibilidades, atualize os conhecimentos e aprenda a inovar.

 

Pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença. Escale uma uma equipe qualificada e utilize ferramentas que promovam o crescimento da sua empresa.