Arquivos Gestão Interna - Página 2 de 3 - HD Tecnologia | Gestão empresarial inteligente
relacionamento@hdtecnologia.com.br
(62) 3996-7600
passo a passo para organizar sua equipe de vendas

Passo a passo para organizar sua equipe de vendas

Gerir uma equipe de vendas é um grande desafio, principalmente para fazer com que as metas de vendas sejam alcançadas de maneira eficaz.

Além de que fazer com que pessoas trabalhem em equipe e deem o melhor de si, nem sempre é tarefa fácil nas empresas. Separamos algumas dicas para ajudar sua empresa nessa etapa:

 

Tenha perfis de vendedores diferentes

Variar o perfil da sua equipe vai te proporcionar trabalhar com perfis complementares, atingindo com mais facilidade diferentes perfis do seu público e possibilitando que não haja conflito direto de interesses e a venda dê lugar para disputa de vaidades.

 

Organize o processo de vendas

Selecione perfis que se destaquem em diferentes etapas da venda, selecionando-o pela sua competência em determinada função. Efetive seus processos de venda, capte mais prospects e fidelize seus clientes.

 

Organize a equipe de vendas por segmento

A lógica é a mesma do tópico anterior, o que vai ser feito nessa etapa, caso sua empresa venda diferentes produtos ou serviços, é alocar os vendedores nas áreas em que eles tenham mais conhecimento e familiaridade, isso com certeza te trará diferencial, uma vez que o atendimento será específico e direcionado.

 

Padronize os processos de venda

Seja por telefone ou pessoalmente, garanta que seu cliente sempre tenha acesso a mesma qualidade de atendimento e informações, evite desencontro de dados e insatisfação do consumidor.

 

Indicadores de vendas

Torne viável avaliar o desempenho das vendas por meio de métricas de controle, para isso os indicadores de vendas são ferramentas valiosas, como por exemplo, a meta, carteira de clientes, faturamento e ticket médio, avalie quais trarão mais resultados para seu negócio.

 

Sistema de vendas

Um sistema de controle de vendas vai aumentar suas oportunidades de negócios, profissionalização, otimização e organização do seu processo de vendas. Clique aqui e saiba mais sobre Sistema de vendas.

 

Fluxo de caixa

Garantir a saúde financeira da sua empresa é quesito básico, todos esses passos para organizar sua equipe de vendas vêm a calhar neste ponto, pois é por meio do seu caixa que será possível controlar todo o processo de vendas, compras e análise de a movimentação financeira como um todo, tendo um comparativo a análise do balanço financeiro do período.

Organizar uma equipe de vendas é um ciclo e precisa ser revisto a todo momento. É necessário ter avaliação constante dos processos, para que seja adaptado de acordo com as demandas dos seus clientes e negócio, além de tirar maior proveito do desempenho do seu vendedor.

 

como avaliar os resultados de uma empresa

Como e por que avaliar os resultados da sua empresa?

Avaliar os resultados e o desempenho da sua empresa é o primeiro passo para uma tomada de decisão segura e precisa.

 

Acompanhar o desempenho das diferentes áreas é uma tarefa difícil, mas que irá contribuir com os processos de redução de custos financeiros, avaliação da estratégia e avaliação dos perfis dos líderes e colaboradores da empresa.

 

Para avaliar o desempenho da organização, primeiro é preciso definir metas e objetivos. Cada área da empresa possui um grupo diferente de indicadores, por exemplo, é importante para a área financeira avaliar o faturamento mensal, a quantidade de inadimplentes e o custo total das despesas, já para a área de compras e estoque, é importante avaliar o prazo de entrega dos fornecedores e o tempo de duração de determinado produto no estoque, por tanto, cada departamento possui seu próprio leque de indicadores.

 

Essas informações são importantes para verificar a saúde do negócio e devem ser acompanhadas periodicamente. Cada gestor irá monitorar seu grupo de indicadores e quando necessário realizará ajustes, com o objetivo de melhorar os resultados. Porém, é muito difícil para esses gestores reunir e monitorar uma quantidade tão extensa de informações, por isso, a falta de um sistema de gestão se torna totalmente inviável.

A sincronização dos processos da empresa com um sistema de gestão, otimiza a visualização das informações, a organização da empresa, a avaliação da equipe e os resultados da organização.

 

como avaliar os resultados de uma empresa

 

O acompanhamento dos indicadores também traz um alinhamento entre as equipes. Todos devem saber quais são os resultados esperados.

Cada área deve conhecer os principais objetivos da empresa e compreender como o seu trabalho contribui, para que, a empresa possa alcançar este objetivo. Assim, todos irão trabalhar tendo o crescimento da empresa como objetivo.

Para o gestor, um CRM aponta uma visão completa, no que se refere a análise de resultados. Ele conseguirá identificar as áreas que estão com desempenho satisfatório e onde é preciso intervir, para melhorar o rendimento. Para a equipe de trabalho, o uso de um CRM, permite que cada colaborador tenha acesso aos seus indicadores e aos do seu departamento. A segurança dos dados é garantida pelos diferentes níveis de acesso, onde cada usuário visualiza apenas as informações que lhe são permitidas. Assim cada um pode saber o quanto falta para uma meta ser batida, ou se ele precisa ajustar o processo.

 

Tecnologia para transformar você e sua empresa.

Preencha o formulário abaixo e entenda como podemos colaborar no crescimento do seu negócio

 

Investir em um sistema de gestão fará você economizar

Quando falamos sobre as boas práticas da boa gestão, estamos falando sobre atividades e processos que garantam a qualidade do produto ou serviço que a sua empresa entrega e sobre como fazer com que o seu negócio seja sustentável. Uma das melhores maneiras de fazer isto é organizar os processos do negócio, tornando-o mais eficiente.

 

 

Essa integração acelera o processo, melhora a comunicação entre as diferentes áreas e/ou filiais e oferece maior segurança dos dados ao centralizar as informações em um só lugar. Outro ganho ao utilizar um ERP é o acompanhamento das informações em tempo real.

 

A soma destes fatores dá ao empresário ou empreendedor a possibilidade de ter uma visão ampla do negócio e maior controle de cada atividade realizada dentro da empresa. O principal fator de mudança está na reestruturação e organização dos processos da empresa. Veja, em resumo, as vantagens do ERP para o seu negócio:

 

  • Informações precisas: quanto mais automatizado e integrado o processo, menor o risco de perdas. Isto porque você diminui a inclusão manual de informações e a possibilidade de erros de digitação, por exemplo.
  • Melhores decisões: A segurança das informações, a visão global da empresa e a análise cruzada das informações, auxilia o processo de tomada de decisão. A sua gestão passa a ser proativa e não reativa.
  • Menor tempo na geração de relatórios: há uma maior facilidade na organização e no acesso às informações, assim como no cruzamento dos dados. Isto reduz o tempo gasto para preparar relatórios e análises, tempo que pode ser destinado à realização de outras atividades.
  • Ganho de produtividade: a automatização dos processos, reduz o tempo destinado às atividades manuais, com isto, cada profissional pode dedicar-se as atividades com maior relevância em sua rotina.
  • Segurança: é possível estabelecer o nível de segurança por tipo de informação, definindo assim quais usuários tem acesso a cada tipo de informação.
  • Disponibilidade: As empresas de tecnologia já estão trabalhando com opções de soluções que são acessadas através de diferentes plataformas, além dos computadores, é possível acessar o sistema através de tablets e smartphones. A facilidade de acesso é um diferencial principalmente para as equipes de vendas que podem acessar as informações de qualquer lugar que tenha uma conexão de internet.

 

E a sua empresa? Já possui um ERP?

 

7 coisas que você deve fazer para melhorar a gestão da sua empresa

O crescimento da sua empresa depende de uma boa gestão. Em um artigo anterior falamos sobre a importância do principal líder da empresa sair das atividades operacionais do dia a dia para dedicar-se a gestão. Neste artigo vamos falar sobre o processo de gestão financeira da sua empresa.

 

Os recursos financeiros são o principal aporte para investimentos em novas contratações, modernização da estrutura e até na rotatividade do seu estoque. Por este motivo a gestão financeira possui extrema importância na sustentabilidade do negócio, sem dinheiro não se tem investimento e sem investimento não há crescimento. Quer melhorar sua gestão financeira? Veja a seguir 7 itens que você deve colocar em prática:

 

1.Tenha um sistema de gerenciamento: utilizar-se de um sistema de gestão é a maneira mais eficiente e segura para ter uma visão ampla sobre o desempenho financeiro de sua empresa. Com todas as informações reunidas em um só lugar será possível ter maior compreensão quanto a situação financeira da empresa e identificar onde estão os problemas, isto também facilitará o processo de tomada de decisão.

 

2.Tenha todos os registros financeiros da sua empresa: para esta regra não há exceções. Sem o registro adequado das informações não será possível acompanhar a real situação da empresa e os controles não serão possíveis. Mesmo com um sistema de gerenciamento, ele só será eficaz se as informações forem registradas.

 

3.Faça o controle do estoque: o controle do estoque eficaz precisa ser feito por dois motivos. O primeiro é para realizar o controle de pedidos e a venda correta de mercadorias, sem correr o risco de vender o que não tem. Segundo para que não tenha o desperdiço de mercadoria, armazenando o que não vende, o que te impede de obter produtos que realmente trazem lucro a sua loja.

 

4.Fique de olho no fluxo de caixa: o que entra e sai do caixa da sua empresa. As entradas vêm de onde, das vendas, de investimentos? As saídas são contas programadas, algum imprevisto ou por devolução de alguma compra? É preciso saber como está a saúde financeira e o fluxo de caixa pode indicar isto.

 

5.Saiba os custos de cada produto: é importante controlar os custos por produto, para que se tenha uma previsão de lucro, da mesma forma será possível preparar promoções para liquidar estoques e descontos para vendas no atacado. Dentre os custos deve-se considerar, além da compra, os custos com transporte, armazenamento, impostos, comissionamento, entre outros.

 

6.Conheça o tamanho do patrimônio da empresa: o balanço patrimonial é importante para definir o valor da sua empresa. Através do balanço é possível identificar o que a empresa possui em bens, assim como identificar necessidades de aquisição ou troca de equipamento.

 

7.Faça um demonstrativo de resultados: o demonstrativo financeiro reúne diferentes informações para avaliar se a sua empresa é lucrativa e o que tem gerado lucros ou perdas. Toda boa gestão é baseada na captação de informações e na análise dos resultados. Este demonstrativo será importante para o planejamento financeiro de sua empresa e na distribuição dos investimentos.

 

Com estes itens você será capaz de melhorar a gestão financeira de sua empresa e alavancar os seus negócios. Para ter uma gestão eficiente, utilize um ERP para amparar suas análises e a coleta adequada de resultados.

 

Preparamos para você uma planilha que irá te ajudar na gestão do controle financeiro da sua empresa.

 

gestão financeira

Supere os desafios e otimize a produção da sua pequena indústria

A gestão de pequenas indústrias possui os desafios comuns de qualquer empresa. É preciso preocupar-se com a gestão financeira, o processo de vendas, o quadro de colaboradores, fornecedores, entre outros. Mas existem 5 atividades que são um verdadeiro desafio para este segmento e neste artigo vamos dar dicas de como superá-lo:

 

  1. Gestão do estoque e compras: a falta de materiais pode atrapalhar e atrasar toda a produção, por este motivo é importante saber o que e quando comprar. Da mesma forma ter material parado no estoque também é um problema, pois o investimento feito neste material não dá o retorno esperado. Para fazer uma boa gestão do estoque é importante conhecer a demanda dos clientes, o tempo de produção e a composição de cada produto para que o processo de compra seja inteligente e de acordo com a necessidade de produção. Neste aspecto o uso de um ERP pode auxiliar o processo através do acompanhamento dos pedidos, o controle preciso do estoque e a previsão de compras.
  2. Definição de preço de venda: para definir o preço de venda é preciso saber os custos totais de produção de uma unidade do produto. Para levantar o custo total é preciso saber quais elementos compõe o produto e em que quantidade. Considera-se também como custo as horas de trabalho da equipe de produção e a manutenção das máquinas. Depois de definido o custo é definida a margem de lucro esperado por unidade e assim definido o preço.
  3. Gestão da produção (chão de fábrica): a gestão da produção começa pela definição do roteiro de produção, que é o desenho de cada etapa do processo para produção do produto, considerando o menor tempo, menor consumo de material e menor desperdício. É possível estabelecer e testar diferentes roteiros de produção para que se encontre a opção ideal.
  4. Processo de entrega: A definição do prazo de entrega deve considerar o tempo gasto para produção do produto, assim como a disponibilidade do mesmo em estoque. É importante que no momento da compra, o vendedor não defina um prazo de entrega que não é possível ser realizado. O atraso na entrega de mercadorias, está dentre os principais fatores que leva a insatisfação do cliente.
  5. Qualidade dos produtos: o que garantirá as vendas de seus produtos, mais do que o preço, é a qualidade. Por este motivo é importante comprar materiais de boa qualidade e estabelecer um processo de gestão da qualidade. Um método indicado é o SDCA (Standardize, Do, Check, Act, ou em português Padronize, Faça, Verifique e Aja), que prevê, em caso de não conformidade, uma ação de melhoria do processo.

 

Estes são os principais desafios enfrentados pelas pequenas indústrias, mas todos podem ser solucionados através do estudo adequado, acompanhamento e ações de correção. O uso de um sistema de gestão que atenda as especificações de pequenas indústrias é uma ferramenta essencial para o processo de gestão e pode gerar maior agilidade na tomada de decisão e solução de problemas.

Para sua empresa crescer você precisa assumir a gestão e sair do operacional

Estar à frente de uma empresa requer do seu gestor uma visão completa do negócio. É importante que o principal líder da empresa volte a sua atenção para a gestão e o crescimento da empresa e para isto é preciso que se afaste das atividades operacionais para que possa dedicar-se as ações estratégicas do negócio.

 

O princípio da boa gestão é alocar as pessoas certas, nas posições certas, que sejam capacitadas para a função que irão desempenhar e que tenham autoridade para tomar as decisões do dia a dia. Cabe ao gestor definir os objetivos, as metas e acompanhar os indicadores para avaliar os resultados e tomar as principais decisões quanto ao direcionamento do negócio.

 

Para que isto ocorra é importante que o gestor seja capaz de capacitar sua equipe, coordenar projetos, analisar os resultados e acompanhar as tendências de mercado, para melhor direcionar a tomada de decisões. Para isto, é preciso que o empresário se afaste da rotina operacional e tenha uma visão de todas as diferentes áreas da empresa.

 

erp - sistema de gestãoMas, para isto, é importante que a figura de um gerente de área assuma a área operacional e tenha ligação direta com o gestor, assim a produtividade não será comprometida e o gestor não terá receio em se afastar. O líder operacional é importante para a rotina diária da empresa e sua atuação deve ser focada em uma área específica. Esta visão focada fará com que ele tenha os melhores resultados, mas esta figura é destinada aos gerentes ou diretores de área.

 

Cabe ao gestor definir a direção de crescimento da empresa. Mesmo sabendo da importância em assumir a função de gestor, alguns empresários ainda enfrentam dificuldades em se desligar da rotina operacional e para ajudá-lo temos algumas dicas:

 

1. Prepare sua equipe: Nada disso será feito da noite para o dia, comece preparando a sua equipe, ensine o que você sabe, compartilhe conhecimento, assim você conseguirá manter a boa qualidade da operação.
2. Monitore metas e indicadores: Acompanhar resultados é um dos pontos importante na rotina do gestor. Depois de delegar as atividades para sua equipe, defina objetivos e metas. As metas informam quanto ao desempenho de sua equipe, elas precisam ser alcançáveis, mas ao mesmo tempo desafiadoras.
3. Planeje o crescimento: você conhece os detalhes do negócio e sabe quais ações podem contribuir para o crescimento da empresa. É importante estabelecer um plano para o crescimento, ações para aquisição de novos clientes, captação de recursos, melhoria da gestão financeira, investimentos em pessoas e infraestrutura.

 

O importante é compreender que, como um bom gestor é você quem dá direção ao negócio. Por este motivo é indispensável que você esteja ciente do que acontece no todo e não apenas em parte. Busque aprimorar suas habilidades como gestor e se você ainda não conseguiu se afastar por completo da rotina operacional dê o primeiro passo, selecionando pessoas capazes de gerir sua equipe.

Backup online – já fez a cópia da chave de casa?

Você provavelmente já deve ter feito backup várias vezes, mesmo sem perceber. A cópia da chave de casa, a cópia de documentos importantes, enfim a cópia daquilo que é mais importante de se ter, ou seja, como se fosse um backup do dia-a-dia. A gente faz isso para ter segurança, para que se algo acontecer com original, está lá o backup para poder nos salvar.

 

Hoje temos como grande ponto de partida para os processos da nossa empresa, a ajuda da tecnologia e automação de procedimentos. Por outro lado, a tecnologia pode e deixa muitas vezes a gente na mão. Quem nunca foi surpreendido por algo que estragou ou travou de última hora, sem que você tenha salvado?

 

É importante ressaltar que as informações que os registros da sua empresa possuem, são valiosíssimos e em alguns casos, podem possuir um banco de dados mais valioso que a própria empresa. Se você for parar para pensar, você demorou muito tempo para recolher informações e criar seu banco de dados com Informações de clientes, fornecedores, lançamentos, valores, registros, dados fiscais, etc.

 

Imagine que dependendo do seu ramo de atuação, muitos concorrentes dariam a vida, ou melhor, a empresa, para ter seu banco de dados. Neste sentido, proteger seus dados é de grande importância para a manutenção de seu padrão empresarial e continuidade do sucesso. Se você não possui um departamento ou profissional de tecnologia específico para fazer isso por você, é melhor ficar alerta.

 

Os arquivos do computador da empresa podem sofrer danos ou mesmo se perderem por conta de vírus, oscilação de energia, ou mesmo falhas físicas ou humanas. Por isso o backup é tão importante, ele garante a integridade dos dados, configurações, bancos de dados e arquivos de usuários.

 

Se para uma pessoa perder os dados de seu computador já é um grande transtorno, imagina para uma empresa, perder dados de clientes ou mesmo dos próprios funcionários. Fique atento ao Backup de seus dados, seriam dias de trabalho perdido, sem dizer o prejuízo, se algum problema acontecesse.

 

 

HD Backup Online: Seus dados estarão em boas mãos! Mais segurança para você e para a sua empresa!

 

Com o Backup online, a integridade da informação de seu negócio, estará em boas mãos.

 

Como funciona?

 

O Backup online permite que você faça o backup diário do seu banco de dados e das notas fiscais, guardando-as de forma segura. Se por acaso você precisar destas informações, elas estarão disponíveis para acesso de forma prática e rápida.

 

Básico, necessário e acessível, o backup online funciona de forma automatizada, proporcionando para você mais segurança e tranquilidade sobre os dados e informações que a empresa possui.

 

Vantagens

 

  • Segurança Local ou Externa;
  • Integridade de suas informações;
  • Monitoramento do backup;
  • Armazenamento na HD;
  • Backup das informações importantes em sua empresa;
  • Envio do backup em mídia (CD) todo mês;
  • Básico e necessário;
  • Preço acessível;
  • Funcionamento automatizado;
  • Mais tranquilidade.

Tecnologia – O “bicho papão” das empresas

“O medo da tecnologia provavelmente sempre existiu, uma vez que não há sentimento mais natural que desconfiar de tudo que é novo e apegar-se ao que foi “testado e aprovado”, ou seja, aquilo a que já nos acostumamos.” Cesar Augusto Souza, diretor adjunto do SEESP

 

E é com a frase acima que pretendo desmitificar o papel da tecnologia dentro de sua empresa. Quando os algarismos arábicos (os que utilizamos “1, 2, 3, 4,…”) começaram a ser utilizados na Europa no século XII, percebeu-se que eram muito mais prático do que os romanos. Mas por muito tempo, houve uma resistência ao uso dos novos números por parte dos comerciantes.

 

O mesmo acontece com a chegada da revolução industrial, que trouxe as máquinas, mas com elas, um movimento oposto ao mecanicismo e produtividade gerados no período. Percebe-se posteriormente que a revolução tinha sido um progresso tecnológico que não diminuía as vagas, mas alterava e realinhava a forma de trabalho e produtividade, muitas vezes gerando mais vagas.

 

A intervenção tecnológica pode gerar medo no começo, mas que a história nos mostra que esta evolução gera muito mais vantagens que prejuízos. A pergunta que fica, é: Por que ainda há tanto empresário com medo da tecnologia. Seria a falta de informação? O medo de ter a privacidade invadida? A falta de recursos?

 

Uma pesquisa feita em 2008 pelo instituto americano Gartner Group, especializado em tecnologia, mostrou que o uso de ferramentas corretas reduzem até 40% dos custos. Citarei alguns exemplos comuns que podem ser aplicados tecnologicamente no seu dia-a-dia empresarial, gerando redução de custos.

 

  • Videoconferências: Treinamentos on-line, reuniões por meio de programas de vídeo, suporte remoto, entre outros, reduzem custos como hospedagem e deslocamento.
  • Impressão: A digitalização e a distribuição por e-mail de grandes relatórios, com gráficos e ilustrações podem representar uma boa economia em papel e tinta. Parece ser pouco, mas a medida em que a tecnologia é aplicada em todos os setores a soma destes valores geram uma grande redução de custos.
  • Colaboração: Com softwares de gestão, você pode registrar e controlar andamentos essenciais para o funcionamento e geração de lucratividade em sua empresa. Um bom sistema de gestão otimiza o tempo de todos os envolvidos na empresa, fazendo com que processos sejam automatizados e melhor controlados.

 

Você vai resistir até 2020?

 

Uma pesquisa feita pela “Economist Intelligence Unit” listou que empresas incapazes de acompanhar o ritmo das alterações tecnológicas poderão desaparecer até 2020. Se você for parar para pensar, 2020 são apenas quatro anos. Afinal, 2010 não parece que faz tanto tempo assim.

 

As empresas que investem em tecnologia de forma correta, se destacarão e serão as empresas vencedoras. A tecnologia permite conhecer e entender o cliente tão bem que a empresa pode vender melhor e se organizar de forma a gerar sempre mais lucro.

 

Um sistema de gestão que atenda as compras, as vendas e o controle financeiro, é uma tecnologia que facilita o cotidiano, por exemplo. Não encare a tecnologia pelo custo que ela trará. Veja como o investimento que trará respostas positivas para o seu negócio.

 

Na verdade você não deve ter medo da tecnologia, mas sim de se estagnar em sistemas aos quais você já está “acostumado”, enquanto os concorrentes se atualizam. A tecnologia está aqui para ajudar, por isso se adeque às mudanças sociais e esteja sempre a frente para que possa seguir a trilha do sucesso com menos pedras no caminho.

 

Para começar entender como a tecnologia pode ajudar sua empresa, preparamos o E-book “Software de Gestão: Como escolher o ideal”. Aproveite!

 

botao-de-cta-hd-tecnologia-estoque-e-book

 

Tecnologia é com a HD! Sua empresa vai ficar em boas mãos!

 

Há 21 anos no mercado, somos especialistas em sistema de gestão empresarial.

 

Apresentamos você ao nosso sistema de gestão empresarial “Lírio”. Rápido, fácil e completo!

 

  • Gestão financeira
  • Gestão de estoque
  • Gestão de compras
  • CRM, Gestão de vendas
  • Gestão fiscal e muito mais!

Nunca foi tão fácil se adequar à tecnologia.

Sua gestão, gerando mais tranquilidade e tempo para você.

5 situações para mostrar a hora de trocar seu sistema de gestão

O empreendedor que gere diariamente as atividades de sua empresa, sabe muito bem a quantidade de problemas que poderá enfrentar no dia-a-dia. As vezes é difícil saber exatamente os melhores passos para o caminho do sucesso, mas ele sabe muito bem do que não precisa e uma destas coisas é um sistema de gestão incompetente.

 

Uma empresa que opta pelo auxílio de um software de gestão quer uma melhoria da qualidade de trabalho e otimização do tempo, melhorando assim e produtividade e consequentemente os lucros. Se você paga por um serviço tecnológico destes, mas não está tendo o retorno esperado, a lógica é que você continue a atualizar sua empresa, mas claro, com um sistema que te ajude de verdade.

 

Listamos 5 situações para você saber quando é a hora de você trocar o sistema de gestão da sua empresa:

 

  1. O sistema é de “caixinha” (são aqueles sistemas que você compra literalmente naquelas caixas e pede para o “sobrinho que entende de computador” instalar. Bons sistemas necessitam de bom treinamento e instalação ou darão todos os problemas já citados acima.
  2.  O sistema sai do ar diariamente (sistemas com suporte deficiente tendem a sair do ar naqueles momentos em que você mais precisa), deixando você e seus clientes na mão.
  3. Seu sistema não oferece um suporte técnico de qualidade (depois de te vender, algumas empresas simplesmente somem do mapa e deixam você na mão). Empresas que oferecem um sistema de qualidade devem oferecer um suporte de qualidade.
  4. O sistema sempre dá mensagens de erros (sistemas mal feitos e mal programados tendem a “apitar” sempre alguma mensagem de erro para certas ações).
  5. O sistema só funciona em nuvem (são aqueles sistemas que estão “instalados” na internet, ou seja, só funcionam se você estiver conectado), sendo assim, quando faltar internet, tudo para.

Se identificou com alguma destas destas 5 situações? Então fique de olho! O sistema de gestão que provavelmente está aí, vai dar mais dor de cabeça do que ajudá-lo.

 

Se você está investindo em tecnologia – e isso é um passo muito importante – invista em um sistema de gestão que seja eficiente, que auxilie no estoque, no controle do caixa, na saída e entrada de produtos, no cadastro de clientes e em toda situação que precise de automatização.

 

Preparamos também um e-Book exclusivo para auxiliá-lo na escolha do melhor sistema de gestão para sua empresa:

 

sistema de gestão

Conheça o sistema de gestão da HD Tecnologia

 

Com 21 um anos no mercado, a HD tecnologia oferece um sistema de gestão diferenciado e eficiente para seus clientes.

 

Nosso sistema faz a gestão dos contratos, a gestão de vendas, gestão de estoque, CRM, gestão financeira, gestão de compras, gestão fiscal, emite NFe/ SPED, facilitando e otimizando os processos mais importantes dentro de sua empresa. Otimizar processos e otimizar o tempo e não vamos esquecer o velho bordão: “tempo é dinheiro”.

 

Com clientes satisfeitos e que são referência e sucesso no mercado, podemos dizer com toda garantia: Sistema de gestão de ERP é com a gente mesmo!

10 dicas para tomar decisões corretas em sua empresa

No mundo globalizado, há uma grande necessidade das empresas, principalmente as de pequeno porte, de estarem atualizadas e se informatizarem, a fim de evitar a mortalidade precoce das mesmas. A informatização das empresas evita o desperdício, promove uma melhor comunicação na equipe e favorece a gestão administrativa.

 

Há muitos desafios para quem está começando a empreender através de uma MPE. É preciso inovar em produtos e serviços de acordo com as necessidades dos clientes, é importante estabelecer metas de produção, de vendas, fazer pesquisa de mercado e achar clientes.

 

Ter capital de giro para compra e manutenção de equipamentos e matéria-prima em base regular. Vender através de uma loja virtual consistente e ter planejamento e controle financeiro é também uma tendência atual. A fim de se organizarem melhor, os gestores precisam ter estes dados sempre atualizados e ao alcance de forma ágil, o que só é possível através da automação, com sistemas e tecnologias que visam agilizar os processos, bem como otimizar os resultados.

 

A falta de atualização de MPEs para sistemas mais modernos de gestão acarretam uma série de problemas que pode atrasar o seu desenvolvimento futuro. Alguns deles são:

 

  • Planilhas desatualizadas;
  • Burocracia na atualização de dados;
  • Estagnação;
  • Baixa competitividade no mercado;
  • Problemas com equipes e comunicação;
  • Registros defasados e falta de confiabilidade.

 

10 dicas para tomar decisões corretas na sua empresa

 

Como fazer então para evitar problemas futuros? Algumas dicas podem ajudar.

 

  1. Sobre problemas que possam surgir, é preciso buscar informações sobre a forma de resolvê-los, ter sempre uma outra alternativa para avaliar qual a melhor a seguir. Estabelecer despesas e receitas e fazer os ajustes necessários a partir delas. Ter um fluxo de caixa como base para investimentos. Estar atento ao capital de giro, fazendo um planejamento e controle para evitar desperdícios.
  2. Preste atenção aos funcionários e valorize-os. Veja o que cada um tem de valor, seus talentos e invista neles para auxiliá-los nas etapas necessárias à gestão de sua empresa. Os funcionários são o melhor ativo e ajudam a empresa a crescer mais rápido. Existem sistemas de automação que visam um melhor desempenho de todas as funções e pessoas da empresa, o que favorece a comunicação, que se torna mais fluída, fazendo com que as pessoas identifiquem melhor quais as suas atividades
  3. Seja responsável por suas escolhas. Mesmo correndo riscos, esteja consciente de que ninguém é perfeito e nem acerta todos os dias.
  4. Tenha claro em sua mente o que é melhor para você e para os outros envolvidos no seu negócio. Isto envolve a parte física, mental, emocional e espiritual.
  5. Evite levar tudo para o lado pessoal. Quem age desta forma responde emocionalmente às questões e problemas. Lembre-se que as pessoas agem como agem por questões que dizem respeito a elas e não a você.
  6. Na dúvida, não faça nada. Quando fazemos algo, não há como escapar das consequências. Na melhor das hipóteses em situações difíceis é deixar que se resolvam por elas mesmas. Se não estiver seguro sobre fazer ou não algo, não o faça.
  7. Ter rentabilidade como meta. Para uma empresa crescer, é importante que ela tenha lucratividade. Tenha sempre o lucro como objetivo. Faça isto por otimizar os procedimentos, modernizando-os. Defina objetivos estratégicos e delegue sempre que possível as obrigações.
  8. Mesmo conhecendo suas limitações, não permita que elas influenciem suas decisões. Busque sempre orientações a fim de poder tomar a melhor atitude. Faça cursos de reciclagem na área de sua empresa sempre que possível.
  9. Não tome decisões baseadas nas experiências dos outros. Não deixe que elas influenciem suas escolhas.
  10. Tenha sempre em foco o cliente. A satisfação do cliente é essencial. Atenda-o sempre da melhor forma, pois assim ele retornará. Nunca ignore um cliente ou potencial cliente. Converse, busque compreender problemas e solicitações. Isto leva a conhecimentos que podem trazer as inovações necessárias.

 

A tecnologia hoje bate à nossa porta, o mercado anda cada vez mais competitivo. É importante uma empresa com sistemas automatizados que melhorem o desempenho. Atualmente, há sistemas administrativos para pequenas ou médias empresas. Você sai na frente dos concorrentes, bem como economiza tempo e recursos ao utilizar estas tecnologias.

 

botao-de-cta-hd-tecnologia-estoque-e-book